Proprietário de uma empresa de limousines nos EUA acusa Dilma de calote de US$ 100.000,00

limousines dilma eua 720x480 Proprietário de uma empresa de limousines nos EUA acusa Dilma de calote de US$ 100.000,00

Lembra que Dilma foi pra Califórnia e teve até um manifestante atacando ela no Hotel no dia 1 de julho desse ano? Pois é, usaram limousines e deixaram de pagar…

Pelo menos é o que diz o dono de uma empresa que aluga limousines de luxo de San Francisco, que entrará na justiça americana pedindo que seu prejuízo seja pago.

O cônsul-geral de San Francisco confirmou que o montante não foi quitado, mas considerou “normal” o “atraso”.

“Ainda não recebemos os recursos de Brasília. Não sei exatamente a razão”

– disse Eduardo Prisco Paraiso Ramos – cônsul-geral de San Francisco

O dono da NS Highfly Limousine, Eduardo Marciano, disse que  a comitiva contratou 25 motoristas, dois ônibus, um caminhão, três vans e 19 limusines, parece que a visita da presidente levou uma delegação de futebol junto, né?

“Estou cansado de ir ao consulado (em San Francisco). Não quero levar o governo para a Corte aqui. Mas não posso ter um prejuízo desses”

– disse Marciano – Empresário que sofreu o calote